domingo, 1 de maio de 2011

OBJECTIVOS INTACTOS!

FICHA DO JOGO
(Clicar no quadro para ampliar)

A vitória do FC Porto hoje em Setúbal, conseguida com toda a naturalidade, faz prosseguir o Clube numa senda de vitórias sem paralelo (16ª consecutiva no campeonato desta temporada, 14ª em jogos oficiais) elevando para 37 jogos sem perder na Liga (28 esta época + 9 da época passada - a última derrota foi em 29 de Fevereiro do ano passado, na 21ª jornada, 2009/2010).

Continuam assim intactos, os objectivos de acabar o campeonato sem derrotas, de alargar o fosso para o segundo classificado (hoje distanciou-se mais 2 pontos, sendo a maior diferença pontual da história) e de ter o melhor marcador de golos da Liga, depois de já há muito ter garantido o título e pulverizar o número de pontos arrecadados numa só edição. Tudo isto com a maior tranquilidade e sem propaganda bacôca.

André Villas-Boas apresentou no Bonfim uma equipa fortemente alterada, numa gestão pouco habitual, mas que se compreende. Utilizou nada mais nada menos que oito jogadores diferentes dos que têm actuado, mantendo apenas Otamendi, Álvaro Pereira e Guarín.

A equipa, sem necessidade de grandes brilhantismos, correspondeu de forma satisfatória, rubricando uma interessante exibição com direito a goleada e a fazer campeão nacional o único elemento que ainda não tinha jogado qualquer minuto (Kieszek entrou a 10 minutos do fim), frente a uma equipa pouco mais que voluntariosa.

Ficou também demonstrado que o FC Porto não só possui a melhor equipa do campeonato como também o melhor plantel.
Do jogo propriamente dito apenas quero referir o bom desempenho geral, com destaques para James Rodríguez (pelas assistências para golo), Maicon (imperial na defesa) e Beto (com defesas vistosas, garantindo o nulo na sua baliza, com um penalti defendido).


3 comentários:

  1. Com plano B, C, X, Y ou Z, o FC Porto entra sempre para ganhar. Nesta equipa não há titulares ou suplentes. Todos têm de estar preparados para contribuir para a única razão se ser deste Clube: VENCER.
    E como ninguém foge ao seu DESTINO os rapazes que alinharam em Setúbal deram mais um passo para se baterem mais recordes que só este Clube pode ter no seu currículo. O objectivo não é os recordes; mas o DESTINO assim quer… James é mesmo um craque; Beto é um “enorme” (deixem lá os centímetros…) guarda-redes. Sereno é um puro lateral; velocidade e outras qualidades fazem que seja esse o seu DESTINO. Também excelentes prestações de Otamendi e Rúben. O nosso DESTINO é Dublin, mas temos mais caminhos a trilhar…

    A) Com esta vitória, mais um feito que ficará indelével na história do FC Porto: 16 vitórias consecutivas numa edição do Campeonato e batido o recorde (15 vitórias) da equipa na época 1996-97. Notável!
    B) 21 pontos de diferença para o 2.º classificado: recorde absoluto no Campeonato Nacional. Notável!

    BIbÓ PORTO! Abraço.

    ResponderEliminar
  2. Boa noite,

    Excelente jogo da nossa equipa, com muita ambição conquistou uma vitória "gorda" num terreno difícil.

    Excelente exibição de James. Beto grande jogo também, mereceu a titularidade em dia de aniversário. Otamendi é um grande central muito forte nos lances de bola parada e está a fazer uma excelente época.

    Poupamos espingardas sem perder a ambição e garra e isto enche-nos de orgulho. Somos uma equipa na verdadeira acepção da palavra. Villas-Boas está a fazer um fantástico trabalho. Estou convicto que vamos terminar o campeonato sem derrotas.

    Excelente o apoio dos nossos adeptos.

    Abraço

    Paulo
    http://pronunciadodragao.blogspot.com

    ResponderEliminar
  3. Boas,

    O que dizer mais deste FC Porto !!! uma equipa fantastica com uma atitude impar.

    Um nota especial para o Beto que para alem do seu aniversario demonstrou que todas as suas qualidades !!!

    Um abraço

    http://fcportonoticias-dodragao.blogspot.com/

    ResponderEliminar